Todos os direitos reservados. Copyright ©2014-2019.

  • Facebook Reflexão

Siga-nos no Facebook e no Instagram

AS QUATRO ESTAÇÕES DE EUZÉBIO LEANDRO

Uma história construída de forma tolerante, baseada na experiência da compaixão, do respeito a vivência e com objetivos voltados para a liberdade de seus semelhantes é uma história capaz de mobilizar gerações e despertar o melhor em cada um de seus indivíduos. "As Quatro Estações de Euzébio Leandro" transcendem a ideia de exemplos, momentos ou ensinamentos, pois transportam a força da reflexão, em rara oportunidade de olharmos para nós mesmos e buscarmos o melhor que pudermos ser, sobretudo para o próximo. Viva o aprendizado!

1ª ESTAÇÃO | TOLERÂNCIA: Fundamento base ao fomento do aprendizado. 

 

"Nós sabemos das dificuldades em ouvir e expressar pensamentos e sentimentos aos demais tanto quanto os demais para com cada um de nós, ao ponto das mentes e dos corações se encontrarem coletivamente. Contudo, a perseverança no respeito ao outro e a gentileza de mantermos o amor ao próximo, nos levarão aos passos da tão sonhada caminhada da paz, aguardada ansiosamente pela humanidade."

2ª ESTAÇÃO | COMPAIXÃO: Abrir mão para receber é uma das chaves do aprendizado

 

"Se colocar no lugar do outro é a mais dura tarefa por implicar em esvaziar-nos integralmente de quem somos para, posteriormente, sermos inundados pelo desconhecido imposto por um outrem. Pense, porém, que não há ato maior de amor. Ao nos desfazermos do medo gerado pelo imaginário, somos gratamente surpreendidos pela beleza do outro, agora revelada. Ampliamos assim a nossa capacidade de compreensão e de respeito mútuos e aprendemos mais sobre o próximo e sobre nós mesmos."

3ª ESTAÇÃO | VIVÊNCIA: A experiência e a personalidade vivas no aprender

 

"As experiências são as chaves de conexão do indivíduo com ambos os universos, interior e exterior. Conexões inestimáveis, pois ligam gerações e saberes arraigados ao nosso aprendizado. Ora o avô, ora o filho, ora o neto... Trocas reais ou lúdicas, os engrandecendo ou diminuindo, na medida do equilíbrio tão necessário para se viver. Afinal, erros e acertos são importantes, pois, sem eles, perderiamos a construção das personalidades que nos tornam únicos e próximos ao mesmo tempo."

4ª ESTAÇÃO | LIBERDADE: Sejamos livres e plenos para que o aprendizado nos mova na compreensão da vida. 

 

"Quando conhecemos o desconhecido, rompemos finalmente as trancas do medo sufocante. Contudo, o conhecimento também gera questões, nos expondo ao dilema de aceitarmos a resposta alcançada ou a busca de um desconhecido ainda maior. Livres, pois, estamos quando ambos nos bastam: buscas e respostas. Paradoxalmente, aprendemos que a liberdade não pressupõe um estado de bonança, mas sim a inquietude constante, exercitada com o nosso espírito em paz e em harmonia. Libertamos assim não só as nossas mentes, mas principalmente os nossos corações, experimentando a leveza de compreendermos o funcionamento pleno da vida."