Todos os direitos reservados. Copyright ©2014-2019.

  • Facebook Reflexão

Siga-nos no Facebook e no Instagram

Pirilampos & Sonhos

February 7, 2015

Fundação Euzébio Leandro retoma as atividades para o ano de 2015 e CEO fala à sociedade sobre sonhos e realizações.

 

Eduardo de Sena Agualuz* 

REVISTA ESTAÇÕES

 

Estamos de volta e quero dar as boas-vindas a vocês falando de sonhos. Se hoje a nossa fundação e o legado do meu avô Euzébio Leandro persiste, e insiste, é porque tanto ele, como nós fomos capazes de sonhar e de vivenciar a essência de sua identidade, concretizando assim o seu sonho.

 

A ideia de que sonho é sonho e realidade é realidade é tão vazia quanto quem diz que os sonhos são vazios. Esses conceitos são disseminados na maioria das vezes para que o seu e os nossos sonhos deixem de serem sonhados e, consequentemente, passem a não existir. Afinal, se um algo existe é porque antes ele habitou os sonhos e, consequentemente, sem esse sonho, o algo jamais habitaria o mundo existente.

 

Assim, é importante dizer que os sonhos não são vazios e que os sonhos não são apenas sonhos. Sonhos são como a luz dos pirilampos. E, nós, somos como os pirilampos. Pequenos e frágeis, mas capazes de transportar uma luz interna e de brilho intenso, rompendo escuridões e penumbras infinitas.

 

Sejamos sonhos, tenhamos sonhos e vivamos sonhos... Em brilho e força, rebentando a escuridão... Afinal, sem eles a vida se torna vazia. Mas com eles, ela se torna infinita. Bem-vindos a mais um ano de sonhos e de realizações.

 

 

*Eduardo de Sena Agualuz é bacharel em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), especialista em Tendências da Comunicação Digital pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), especialista em Investimento Social Privado pelo Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS) e pós-graduado em Didática e Metodologia do Ensino Superior pela Escola Paulista de Negócios (EPN), com extensão pela Universidade de Havana - Cuba. Educador há 20 anos, é vencedor do Troféu Paulo Freire, o Prêmio da Educação (1999), e CEO e filantropo da Fundação Euzébio Leandro.

 

 

Revista Estações. Todos os direitos reservados. Copyright ©2014-2017.

Nenhum texto pode ser reproduzido sem autorização da Fundação Euzébio Leandro.

Please reload

Featured Posts

Encontros de Brincar

May 29, 2019

1/9
Please reload

Recent Posts

April 6, 2015

February 7, 2015

December 22, 2014

November 14, 2014

Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags